quinta-feira, 16 de abril de 2009

Molde para camisa de homem

Depois de ver o modelo da Burda (nº132 da Burda 3/09) e fazer uma prova de um modelo que estava no site da Burdastyle...
Depois do comentário do Paco aos modelos da Burda para homem e do trabalho que vi ser feito no blog Assorted Notions...

Decidi-me a fazer, eu própria, o modelo. Seguindo a sugestão do blog Assorted Notions, resolvi copiar o modelo de uma camisa do meu namorado, (a que lhe assentava melhor, claro!). O processo não é nada complicado e, pelo menos, tenho a noção de como vai ficar quando estiver pronto!

Material necessário: sacos de plástico transparentes (eu usei os sacos dos vegetais - por usar- que há nos supermercados), uma caneta de acetato, fita-cola e alfinetes.

Para começar a copiar as peças da camisa, escolhe-se a peça por onde vamos começar. Esticamos bem essa parte, coloca-mos o plástico transparente (também esticado) por cima e prendemos com alfinetes. Depois é só deslisar a caneta de acetato por cima dos limites da peça, marcar eventuais pregas, botões, bolsos.


Nas peças do colarinho e costas apenas é necessário traçar metade da peça, com a camisa dobrada na vertical!
Para as mangas, como a parte da frente é diferente da parte de trás, dobrei a manga ao meio e traçei a parte da frente e a parte de trás separadamente, unindo-as com fita-cola no final, para fazer uma só peça.

Se houver pregas, há que calcular a quantidade de tecido necessário para a prega e acrescentá-lo na extremidade, para que a camisa não fique com tecido a menos. Nas camisas aos quadrados, estes acrescentos são bem perceptíveis.



Quanto estiver tudo traçado, corta-se as peças todas pelos limites e passa-se para papel vegetal. Faz-se uma espécie de decalque.
Esta última fase é importante, para o tecido não ficar manchado com a tinta da caneta. Além disso, é mais prático para copiar para o tecido.


Como cheguei a fazer a camisa do site da Burda style (com excepção das mangas) e as instruções estão muito boas, vão ser essas que vou utilizar para a confecção da camisa.
Espero este fim-de-semana conseguir cortar o tecido, para a começar a fazer em breve!

9 comentários:

Celina disse...

Isso é muito interessante! Por acaso já uma vez pensei fazer isso, tirar o molde assim a roupas compradas de que gosto para poder repeti-las/copiá-las, mas coisas assim mais para o básico, jerseys e assim. Uma camisa é outro nível, mas tenho a certeza que vais dar conta do recado! Assim é que é, se não há fazemos nós! ;)

Ana Carina disse...

Olá Ana,

Nunca tinha passado em usar sacos de plástico como se usa o papel vegetal para copiar os modelos já feitos...ora aqui está uma grande ideia! Muito prática, por sinal.

Tenho de experimentar.

Beijinhos

Ann's Fashion Studio disse...

Great idea to use the clear bag.
Thanks for sharing your process.

Sismada disse...

:) sorri a ver este post :)
Pois é mesmo assim que faço quando adoro uma peça e a quero copiar ( até no trabalho )
Muito bem! Assim sim!
Metodo 5 estrelas! Não se esqueçam de colocar depois os moldes para papel ao cartão e aditionar os valores de costura pretendido.
Parabéns por te teres lembrado disso.
Um beijo enorme.
Sílvia

Laila disse...

Não conhecia esse método. Fiquei tentada a experimentá-lo, mas acho que será necessária uma boa dose de paciência, pois o plático deve escorregar muito, não?

Tany disse...

Que namorado de sorte! O meu também me anda a pedir uma camisa, vamos lá ver se a faço também... ;)

Ana's Closet disse...

Celeste - aperece, mas não! Os alfinetes ajudam a que tudo fique direito no sítio. só é um pouco escorregadio escrever no plástico, mas ganhando o jeito até é uma ajuda!

paco peralta disse...

Ana - isto parece uma ideia muito boa. Vi Christina's blog. Desta forma, com certeza a camisa é um tamanho perfeito.

besos, Paco

MA disse...

Olá!
Onde é que se pode comprar papel vegetal barato???

Obrigada!
e bom trabalho