terça-feira, 24 de novembro de 2009

Still

Still, uma camisola de Kim Hargreaves, que reflete o glamour da década de 40.
Achei o modelo simplesmente delicioso, além de muito simples de executar. Esta é uma das razões pela qual gosto tanto desta designer.
Basicamente só temos de saber fazer malhas de meia e de liga! E no final coser as peças.

Demorei ainda bastante tempo a fazê-la, talvez dois meses do total. Mas o tempo empregue é compensado com a obtenção de uma camisola muito quentinha!!!
Fiz o tamanho S, e utilizei agulhas ( nº3 e 4) mais pequenas do que as indicadas (nº 4 e 5), para que a amostra ficasse exactamente 10x10!
Não foram necessárias quaisquer alterações às instruções.
No total, utilizei cerca de 12 novelos brancal (actualizo o nome do novelo assim que souber).


Apesar de tudo, as camisolas tricotadas artesanalmente saem baratas! Além de ficarem tal e qual como as queremos, se tivermos um bocadinho de paciência.
Além de que, no Inverno é quando dá mais gozo tricotar.

4 comentários:

Rustyboobz disse...

Gosto imenso da camisola! já estive para fazer uma camisola do género mas acho as lãs tãooooooooooo caras :(

Eden disse...

Olá Ana :)
Começo a ficar com vontade de tricotar umas camisolitas dessa designer.
Diz-me uma coisa: as instruções são gratuitas ou é necessário comprar os "padrões"?
Adorei o modelito!!! Fica-te muito bem e depois há uma coisa: as peças artesanais duram muito mais do que as que se compram já feitas (falo por experiência própria),
Beijinhos.

paco peralta disse...

Ana, que bela camisola ... você tem mãos maravilhosas para tecer. Eu amo a cor: verde maçã. Muitos beijos para você, e desejo-lhe fim de semana ótimo.

Celina disse...

Que máximo! Já me passaste à frente na confecção de modelos da Kim! E com sucesso, que a camisola está bem tricotada e ficou bem gira. Quanto às camisolas artesanais ficarem mais baratas, é tão bom quando isso acontece, mas quando se começa a olhar para certos fios já começa a sair caro. (Estou-me a lembrar dos últimos fios que comprei que foi uma desgraça) O que vale é que dinheiro por dinheiro não há que pague fazer ao nosso gosto :)
Beijinhos